Procedimentos Operacionais – Agente de carga

O serviço de agenciamento de carga é uma atividade muito dinâmica. Vários fatores como a busca pela redução de custos, a concorrência, e a otimização de recursos da empresa fazem com que o negócio tenha vários tipos de operação. Principalmente quando o volume de operações aumenta, vários modelos de operação se tornam necessário de forma a atender toda a demanda gerada internamente e também pelos clientes.

O objetivo deste documento é especificar os procedimentos operacionas no sistema Easycargo para cada tipo de operação do agenciador de carga doméstica.

Antes de detalharmos cada tipo de operação vamos rever alguns conceitos importantes:

  • Unidade origem – Filial da empresa emissora do conhecimento
  • Unidade de destino – É a filial ou agente resposável pela entrega
  • Unidade atual – Localização do conhecimento. Esta unidade é alterada conforme os processos vão ocorrendo no sistema. Logo após a emissão o unidade atual é a mesma da unidade origem. Após o envio da remessa a unidade atual é EM TRANSITO e após o recebimento da remessa a unidade atual passa a ser a unidade que acabou de receber a remessa.]
  • Unidade via – Esta unidade pode existir ou não em um determinado CTO e especifica um ponto de passagem do CTO, usada principalmente em operações multimodal ou quando simplesmente existe a necessidade de redespacho.
  • Rota – Especifica uma cidade ou conjunto de cidades. Sempre é composta por faixas de ceps e está vinculada a uma determinada unidade. É baseado nos ceps das rotas que o sistema define qual será a unidade de destino de cada CTO, usando para isso o cep do destinatário. Também é baseado na rota que o Easycargo define o tipo de tarifa (capital/interior) e o custo da entrega.
  • Frete direto – Este campo indica se a carga será entregue pela unidade de destino ou se a Cia aérea ou transportadora fará a entrega DIRETAMENTE. Portanto:
  • Frete direto = Não – Carga será entrega pela unidade de destino (filial ou agente)
  • Frete direto = Sim – Carga será entrega pela Cia Aérea ou Transportadora (diretamente)

Nos exemplos a seguir usaremos o termo agente mesmo quando a carga não passar pelo agente. Neste caso o termo agente indica que na base não existe uma filial e que normalmente esta é atendida por um agente.

Com esses conceitos esclarecidos podemos detalhar cada tipo de operação do agenciador de carga:

Operação 1 – Filial -> Filial

Esta é a operação mais comum quando sua empresa possui várias filiais. O transporte é inicia em uma filial e termina na outra.

  1. Unidade de origem (Filial A)- Emite o conhecimento (ctrc/awb/nd/cte) com a opção FRETE DIRETO = NÃO
  2. Unidade origem (Filial A) – No final do dia faz o envio da remessa para a unidade de destino(Filial B)
  3. Unidade de origem (Filial A) – Despacha a carga no cia aérea ou transportora e Informa CTO do frete consolidado, digitando: número do cto da cia, valor do cto, peso. As vezes por comodidade de horário esse procedimento é executado na manhã do dia seguinte.
  4. Unidade de destino (Filial B) – Recebe a remessa verificando se todos os conhecimento realmente chegaram “ticando” da um dos ctos.
  5. Unidade de destino (Filial B) – Gera lista de entrega (LEC) por rota ou por motorista.
  6. Motorista (Filial B) – Se este possui celular conectado ao sistema(WAP) faz a Baixa com Click.
  7. Unidade de destino (Filial B) – Completa todos os dados da entrega com a Baixa completa da LEC

Operação 2 – Filial -> Agente

Este tipo de operação também é bastante comum. Ocorre quando o transporte inicia em uma filial da empresa e segue para um agente de carga fazer a entrega.

  1. Unidade de origem (Filial A)- Emite o conhecimento  com a opção FRETE DIRETO = NÃO
  2. Unidade origem (Filial A) – No final do dia faz o envio da remessa para a unidade de destino(Filial B)
  3. Unidade de origem (Filial A) – Despacha a carga no cia aérea ou transportora e Informa CTO do frete consolidado, digitando: número do cto da cia, valor do cto, peso. As vezes por comodidade de horário esse procedimento é executado na manhã do dia seguinte.
  4. Agente de carga  – Recebe via e-mail o pre-alert com dos dados do cto da cia para fazer a retirada da carga para a entrega. Por este motivo o passo anterior deve ser executado pela unidade origem o quanto antes seja possível.
  5. Agente de carga – Notifica a entrega ou tentantiva de entrega através do link do e-mail de pre-alert ou através do Site Agentes.

Operação 3 – Filial -> Agente – Frete direto

As vezes por questões financeiras ou operacionais é mais conveniente enviar a carga DIRETAMENTE ao destinatário usando o serviço da própria cia ou transportadora. Nesses casos usamos a opção Frete Direto da tela de emissão.

Note que neste caso existe a figura do agente como Undiade de Destino, entretanto o mesmo não participa a operação.

  1. Unidade de origem (Filial A)- Emite o conhecimento (ctrc/awb/nd/cte) com a opção FRETE DIRETO = SIM
  2. Unidade de origem (Filial A) – Despacha a carga na cia aérea ou transportora e Informa CTO do FRETE DIRETO, digitando: número do cto da cia, valor do cto, peso.
  3. Unidade de origem (Filial A) – Acompanha a carga junto a cia ou transportadora (sites de rastreamento normalmente)  e ao identificar que a carga foi entregue faz a BAIXA DIRETA

Operação 4 – Filial -> Agente – Via Filial (REDESPACHO)

Este operação pode ocorrer principalmente para otimizar a consolidação no primeiro trechou ou para aproveitar melhor negociação tarifaria com a cia no segundo trecho.

  1. Unidade de origem (Filial A)- Emite conhecimento com a opção FRETE DIRETO = “S” e indicado a opção VIA Filial B
  2. Unidade origem (Filial A) – No final do dia faz o envio da remessa para a unidade VIA (Filial B)
  3. Unidade de origem (Filial A) – Despacha a carga no cia aérea ou transportora e Informa CTO do frete consolidado, digitando: número do cto da cia, valor do cto, peso. As vezes por comodidade de horário esse procedimento é executado na manhã do dia seguinte.
  4. Unidade VIA (Filial B) – Recebe a remessa verificando se todos os conhecimento realmente chegaram “ticando” da um dos ctos.
  5. Unidade VIA (Filial B) – Gera lista de entrega por transportadora para a empresa que fará o resdespacho
  6. Unidade VIA (Filial B) – Informa o CTO Frete direto com os dados do cto da transportadora que está fazendo o redespacho
  7. Unidade VIA (Filial B) – Acompanha a carga junto a cia ou transportadora (sites de rastreamento normalmente)  e ao identificar que a carga foi entregue faz a BAIXA DIRETA

Operação 5 – Filial -> Agente – Via Filial

Este operação pode ocorrer principalmente para otimizar a consolidação no primeiro trechou ou para aproveitar melhor negociação tarifaria com a cia no segundo trecho.

  1. Unidade de origem (Filial A)- Emite conhecimento com a opção FRETE DIRETO = “N” e indicado a opção VIA Filial B
  2. Unidade origem (Filial A) – No final do dia faz o envio da remessa para a unidade VIA (Filial B)
  3. Unidade de origem (Filial A) – Despacha a carga no cia aérea ou transportora e Informa CTO do frete consolidado, digitando: número do cto da cia, valor do cto, peso. As vezes por comodidade de horário esse procedimento é executado na manhã do dia seguinte.
  4. Unidade VIA (Filial B) – Recebe a remessa verificando se todos os conhecimento realmente chegaram “ticando” da um dos ctos.
  5. Unidade VIA (Filial B) – Faz novo envio de remessa, desta vez para unidade de destino(agente)
  6. Unidade VIA (Filial B) – Despacha a carga no cia aérea ou transportora e Informa CTO do frete consolidado
  7. Unidade destino(Agente)  – Recebe via e-mail o pre-alert com dos dados do cto da cia para fazer a retirada da carga para a entrega. Por este motivo o passo anterior deve ser executado pela unidade origem o quanto antes seja possível.
  8. Unidade destino (Agente) – Notifica a entrega ou tentantiva de entrega através do link do e-mail de pre-alert ou através do Site Agentes.

Operação 6 – Filial -> Agente – Via Agente

Este tipo de operação é muito pouco provável mas o sistema está preparado para ela. Ocorre quando o transporte inicia em uma filial, passa por um agente que recebe a carga, redespacha para o outro que por sua vez faz a retirada e entrega da mesma no destinatário.

  1. Unidade de origem (Filial A)- Emite o conhecimento com a opção FRETE DIRETO = “N” e indicado a opção VIA Agente A
  2. Unidade origem (Filial A) – Faz o envio da remessa para a unidade VIA (Agente A)
  3. Unidade de origem (Filial A) – Despacha a carga no cia aérea ou transportora e Informa CTO do frete consolidado, digitando: número do cto da cia, valor do cto, peso. As vezes por comodidade de horário esse procedimento é executado na manhã do dia seguinte.
  4. Unidade destino (Agente B) – Notifica a entrega ou tentantiva de entrega através do link do e-mail de pre-alert ou através do Site Agentes.

Operação 7 – Agente – Filial (reversa)

Este tipo de operação ocorrerá sempre que houver uma operação reversa. Ou seja quando um agente fizer a coleta a filial executar a entrega.

  1. Unidade origem (Filial A)- Emite o conhecimento com a opção FRETE DIRETO = “N”. Normalmente usa-se um produto especifico para esta operação.
  2. Unidade origem (Filial A) – Faz o envio da remessa para a unidade de destino. Neste caso a propria unidade(Filial A)
  3. Unidade de origem (Filial A) – Observando os dados do CTO que a carga foi transportada Informa CTO do frete consolidado, digitando: número do cto da cia, valor do cto, peso.
  4. Unidade de destino (Filial A) – Gera lista de entrega (LEC) por rota ou por motorista.
  5. Motorista (Filial A) – Se este possui celular conectado ao sistema(WAP) faz a Baixa com Click.
  6. Unidade de destino (Filial A) – Completa todos os dados da entrega com a Baixa completa da LEC

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: